sábado, 26 de setembro de 2009

BRÓCOLIS OU BRÓCOLOS

Primavera é a estação das flores, e na gastronomia muitas podem ser preparadas. Já falei da alcachofra, a rainha as flores comestíveis e hoje vou me dedicar um pouquinho ao brocolis, flôr que a maioria das pessoas gostam. Conhecida como brócolos, brocolis, brócoli ou couve-brócolo é uma variedade botânica da mesma espécia e morfológicamente semelhante à couve-flor. O nome se originou do italiano "brocco", que significa "broto", vez que são as brotações florais a parte que consumimos. É tempo delas, com isso, além da fartura e da qualidade, os preços são convidativos. Então, vamos aproveitar e comer bastante brocolis. Para quem não sabe, esta florzinha tem mais cálcio que o leite, além evitar o câncer de prostata. A receita abaixo é uma delícia.

Filé de Mapará com Brócolis ao Molho de Gengibre

Ingredientes:

•500 gr de brócolis

•100 gr de gengibre

•500 ml de creme de leite fresco

•100 ml de vinho branco

•100 gr de manteiga

•2 unidade(s) de limão

•quanto baste de sal

•quanto baste de pimenta-do-reino branca

•quanto baste de azeite

•1 kg de marapá em filés

Modo de Preparo:

Corte o gengibre em lâminas ou palitinhos bem finos, coloque-os em um copo de 200 ml, cubra com água e guarde de um dia para o outro. Tempere os filés de Mapará com sal, limão e pimenta branca a gosto. Deixe marinar por 2 horas. Cozinhe os brócolis, de preferência no microondas (para manter a cor) e reserve. Em uma panela derreta a manteiga e frite o gengibre (sem a água) por 3 minutos. Acrescente o vinho branco e deixe ferver até reduzir um pouco. Coe para tirar o gengibre (opcional). Volte ao fogo, acrescente o creme de leite fresco e o suco de 2 limões. Deixe ferver até ficar cremoso e se desejar acrescente 2 ou 3 colheres da água do gengibre para realçar o sabor. Doure os filés no azeite e pique-os grosseiramente. Misture com o brócolis picado e o molho. Acompanha arroz branco.

O mapará é um peixe de couro, com tamanho médio de 45 cm (podendo ser pescado acima de 29 cm) que ocorre na bacia Amazônica, bacia do Araguaia-Tocantins e na bacia da Prata, especialmente no rio Paraná. Representa algo em torno de 10% da população de peixes do Lago de Itaipu, sendo a segunda maior ocorrência neste lago.

Rendimento: 5 porções

Fonte: http://www.moo.pt/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo cometário. Em breve será publico.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...