domingo, 25 de abril de 2010

A ORIGEM DO RISOTO



Você sabe que se transformou em um bom cozinheiro, quando seu risoto é elogiado pelos amigos. Um prato que tem um "time" exato para ficar no ponto, requer bastante conhecimento para não desandar. Vamos à história da origem deste prato.  Segundo a versão mais aceitável, a receita original do risoto surgiu em 1574. Conta a história que participaram da construção da catedral Duomo di Milano, carpinteiros, arquitetos e pintores de toda a Europa. Em uma fazenda poliglota ali perto, havia uma comunidade Belga, mestre em vidros. Tal comunidade também ficou responsável pela construção dos vitrais da mencionada catedral. Com isso, muitos estudantes foram atraídos para a fazenda. Um em especial se destacou devido a sua habilidade em misturar as cores. O segredo de tal estudante consistia em agregar açafrão quando o vidro estivesse pronto. O seu mestre e professor, Valerio di Fiandra sabia da paixão de seu discípulo pelo açafrão e vivia irritando o rapaz, dizendo-lhe que ele acabaria colocando açafrão no risoto. Quando a filha do mestre foi foi casar, o aluno subornou o cozinheiro da festa para colocar um pouco de açafrão no arroz. Aquele arroz amarelo causou surpresa nos convidados. Alguns ousaram experimentar e adoraram, surgiu assim o Risotto alla Milanese, a receita mais antiga e conhecida de risoto. Vai a receita desta iguaria:

RISOTTO ALLA MINANESE

Ingredientes:

400g de arroz carnaroli
1/2 cebola picadinha
1 dente de alho inteiro
3 colheres (sopa) de azete de oliva
5 colheres (sopa) de manteiga sem sal
1 taça de vinho branco seco
1 colher (sopa) de açafrão
5og de queijo parmesão ralado
2 litros de caldo de carne
sal e pimenta a gosto.

Modo de Preparo:

Coloque o açafrão em 1 copo de água quente e deixe de molho por 2 horas. Numa panela larga de borda alta, aqueça a manteiga junto com o azeite e refogue a cebola e o alho. Acrescente o arroz e frite por 3 minutos. Coloque o vinho e sem para de mexer, deixe evaporar o álcool. Então inicie o cozimento com o caldo de carne, concha à concha e sem parar de mexer. Não deixe secar muito. corrija o sal, junte a água com o açafrão. Mexa mais um pouco. Coloque o restante da manteiga e o queijo parmesão, mexa muito bem, desligue o fogo, tampe a panela e deixe descansar po cinco minutos. O funghi secchi vai muito bem neste risoto. O vinho que vai bem com esse prato são os brancos animados, levemente aromáticos como os das castas Pinot Bianco, Soave Clássico e Favorita. Bom Apetite

Um comentário:

  1. Adorei todos! Sou especialista e também tenho um blog. Visite-me e dê palpites...

    ResponderExcluir

Obrigado pelo cometário. Em breve será publico.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...